-

Formação Avançada Pós-Universitária
em Psicologia Analítica

Autoconhecimento e desenvolvimento pessoal
Local: Centro Universitário P. António Vieira - CUPAV (Lumiar - LISBOA)
Ano letivo: 2019-20 | Início: 3 de Setembro de 2019
INSCRIÇÕES ABERTAS | Regime pós-laboral | Vagas limitadas


Público alvo
Público em geral interessado em aprofundar os conhecimentos em Psicologia Analítica / Junguiana bem como o autoconhecimento e o desenvolvimento pessoal. O Curso tem particular relevância para Psicólogos, Psicólogos Juniores, estudantes de Psicologia, profissionais de saúde (Médicos, Enfermeiros, etc.) e técnicos das áreas Social, Educação e/ou Cultura.
NOTA: Apenas para Psicólogos e Psicólogos juniores, estes formandos poderão inscrever-se nos módulos clínicos ministrados na sede da IAAP|pt em Braga - 3 sábados distribuídos durante o ano letivo, e após a devida avaliação, aceder aos 60 créditos concedidos pela Ordem dos Psicólogos Portugueses - OPP na área de especialização de Psicologia Clínica e da Saúde, obtendo o certificado em “PROMOÇÃO, PREVENÇÃO E INTERVENÇÃO EM SAÚDE MENTAL: Na Perspetiva da Psicologia Analítica”.
ATENÇÃO: esta acreditação pela Ordem dos Psicólogos Portugueses - OPP (60 créditos), na área de especialidade de Psicologia Clínica e da Saúde, destina-se exclusivamente a quem esteja inscrito na OPP.
Para mais informações:
(1) https://www.iaap.pt (2) https://www.ordemdospsicologos.pt
  
OBJETIVOS
Por intermédio de uma didática que promova a constante interação formador-formando, pretende-se propiciar uma base teórico-prática, de cariz analítica e de base clínica (com a tónica no desenvolvimento mental e não na psico-patologia), tendo por meta o exponenciar da excelência clínica/pedagógica dos formandos e/ou o seu autoconhecimento/desenvolvimento pessoal.

ENQUADRAMENTO
O ser humano diante das aceleradas transformações e mudanças paradigmáticas que caracterizam o mundo contemporâneo apresenta significativa carência de significado e de sentido para se entender a si mesmo e aos outros. A Psicologia Analítica, criada por Carl Gustav Jung (1875-1961), é um importante instrumento para essa busca de compreensão e de sentido vital (o denominado “processo de individuação”); proporcionando, simultaneamente, uma prática clínica eficaz, capaz de responder ao nível dos conflitos mais fundamentais.
A abrangência dos pressupostos da Psicologia Analítica aliada aos mais recentes desenvolvimentos nas Neurociências, nas Ciências Cognitivas e na Etologia permite um ângulo mais abrangente de observação e compreensão das diversas questões da profundidade humana, nomeadamente as raízes filogenéticas/arquetípicas – mecanismos biológicos evolutivamente antigos – subjacentes ao comportamento humano e de como tais mecanismos se atualizam dinamicamente nos diversos contextos culturais.
A Psicologia Analítica, compreensivelmente, tem vindo a ser alvo de grande interesse por parte de muitos profissionais de saúde e educadores pelo mundo inteiro, devido ao seu caráter integrador e de eficácia; lamentavelmente, encontra-se esquecida e pouco divulgada em Portugal. Daqui a salutar vantagem de difundir, discutir e aplicar os seus fundamentos humanos e técnicas psicoterapêuticas, tão úteis face às necessidades da vida ocidental contemporânea.
Acrescido a esses fatores, esta abordagem teórico-prática encontra fundamentação filosófica na tradição fenomenológica da “Escola de Braga” bem como da sua práxis humanista, como – por exemplo – as entendeu e praticou o Professor João Rodrigues Mendes, SJ (1910-1972) e o Professor Diamantino Martins, SJ (1910-1979), vultos sonantes e de cariz junguiano da Faculdade de Filosofia de Braga – a primeira Escola Superior não estatal a conferir graus académicos de Licenciatura e Doutoramento em Portugal. Escola que encontra a sua génese no ano de 1934, quando os jesuítas estabeleceram na Rua de S. Barnabé o Instituto Beato Miguel de Carvalho para o estudo da Filosofia. Em 1967, o Instituto foi elevado à categoria de Faculdade e tornou-se na primeira Faculdade da Universidade Católica Portuguesa - UCP.
Em 2015 foi criada nessa Faculdade a primeira “Formação Avançada em Psicologia Analítica” sob a coordenação do Professor João Carlos Major, docente dessa Faculdade e formador deste Curso que agora se propõe e que é um desenvolvimento da referida Formação Avançada.

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

1. Carl Gustav Jung: vida e obra e atualidade junguiana – Módulo introdutório.

2. O conceito de Inconsciente à luz das Neurociências, da Etologia e das Ciências Cognitivas e suas correlações com o Processo de Individuação
– O formando no final deste módulo será capaz de correlacionar as ideias de Carl Gustav Jung com os mais recentes desenvolvimentos científicos, percebendo em que medida a base biológica do ser humano determina o seu comportamento.

3. A estrutura e dinâmica da psique I: Consciente, Inconsciente Pessoal, Inconsciente Coletivo
– O formando no final deste módulo será capaz de distinguir os diferentes níveis do inconsciente e suas implicações ao nível da consciência.

4. A estrutura e dinâmica da psique II:
(a) O conceito de Arquétipo
(b) Arquétipos: Ego, Persona, Sombra, Anima/Animus, Self
(c) O papel dos sonhos na atividade clínica e no autoconhecimento
– O formando no final deste módulo ficará habilitado a compreender as diferentes dimensões do conceito de arquétipo em Jung; também saberá identificar diferentes tipos de arquétipos bem como irá compreender o papel dos sonhos e de como eles se apresentam como a via regia para o inconsciente.

5. Desenvolvimento Mental na Perspetiva da Psicologia Analítica (Processo de Individuação) em diálogo com outras perspetivas
– O formando no final deste módulo ficará habilitado a compreender o desenvolvimento mental na perspetiva de Jung face a outras escolas: Psicologia Humanista, Psicologia Cognitivo-Comportamental, Escola Pós-Racionalista, etc.

6. Afetividade e Desenvolvimento
– O formando no final deste módulo será capaz de perceber a importância dos fatores afetivos no processo psicoterapêutico, de autoconhecimento e da conjugalidade.

7. Espiritualidade, Ciência, Individuação e Envelhecimento
– O formando no final deste módulo será capaz de compreender, à luz das ciências psicológicas, a importância da perspetiva religiosa ao longo da história da humanidade e de como deixou rasto na psique humana.

8. Metodologias de intervenção nos diferentes ciclos de vida: infância, puberdade, idade adulta e velhice
– A partir de exemplos e de casos clínicos do Formador, este módulo habilita a que o formando conheça diversos tipos de intervenção clínica de cariz junguiano nos diversos ciclos de vida. Temas tratados: análise e interpretação de sonhos; técnicas projetivas; imaginação ativa; testes projetivos, etc.

A avaliação é contínua, pontuada por testes cuja finalidade é ajudar a fixar os conhecimentos adquiridos. No final do ano letivo, os formandos apresentarão um trabalho sobre um tema junguiano à sua escolha perante a turma.

FORMADOR
Prof. Doutor JOÃO CARLOS MAJOR
- Doutor em Psicologia pela Universidad de Extremadura, Espanha (2011)
- Mestre em Psicologia (DEA) pela Universidad de Extremadura, Espanha (2009)
- Mestre em Filosofia, especialidade em ‘Ciências Cognitivas’, pela Universidade Católica Portuguesa (2005)
- Licenciado em Psicologia (Licenciatura pré-Bolonha), especialidade em ‘Psicologia Clínica’, pelo Instituto Superior da Maia (2003)
- Licenciado em Teologia (Licenciatura pré-Bolonha) pela Universidade Católica Portuguesa (1998)

. Psicólogo Clínico (em contexto institucional e em prática privada).
. Professor da Universidade Católica Portuguesa - UCP de 2000 a 2018 (Categoria Profissional: ‘Professor Auxiliar’) na qual foi co-fundador do Curso de Psicologia (Braga); Docente dos graus de Licenciatura (Braga e Porto), Mestrado (Braga) e Doutoramento (Braga); coordenador da “Formação Avançada em Psicologia Analítica”; Docente de: “Neuropsicologia”, “Processos Psicológicos Básicos”, “Psicologia das Emoções e das Motivações”, “Perceção, Atenção e Memória”, “Psicologia Analítica”, “Psicologia Cognitiva”, “Psicologia e Espiritualidade”, entre outras.

ATENÇÃO: número de vagas limitado.

- Inscrições abertas para o regime pós-laboral: os encontros irão ocorrer às terças-feiras das 19h00 às 22h00, durante dois semestres letivos (10 meses), contando com as interrupções de Natal, Páscoa, Carnaval e feriados.
- Local: Centro Universitário P. António Vieira - CUPAV (Estrada da Torre, n.º 26. Lisboa).
- Início da formação: 3 de setembro de 2019.
- Data limite para as inscrições: 23 de agosto (ou logo que se atinja o número máximo de participantes).
- Inscrição: 50€ (não reembolsável em caso de desistência).
- Propina mensal (paga até ao dia 8 de cada mês): 150€ (a propina do primeiro mês deverá ser paga por transferência bancária até ao dia 23 de agosto). Desconto de 10% para quem pagar o curso na totalidade.
- Será emitido Certificado de Aproveitamento pela IAAP|pt (Academia Internacional de Psicologia Analítica).

A inscrição deverá ser formalizada através do envio de um email para jcmajor@iaap.pt no qual qual conste (1) um curriculum breve, (2) a digitalização de uma foto tipo passe/passaporte e (3) o comprovativo da transferência bancária no valor de 50€.
• Conta: 0385005112600
• IBAN: PT50 0035 0385 00005112600 11
• BIC: CGDIPTPL

Do valor das mensalidades serão emitidas Faturas-Recibo (válidas como ‘despesas de educação’ em sede de IRS).